domingo, 29 de junho de 2008

Garota Arroto

Parece meio horrível, mas é isso mesmo. Nunca arrotei e enjoei tanto em minha vida! Não posso comer nada ou beber algo que fico muito cheia de ares (pra ficar mais chique). Hoje resolvi mandar um novo e-mail pra ele perguntando se é normal. Pela primeira vez, agora com 32 dias, resolvi ir a praia, foi fantástico. Confesso pra você que esse período tá bem complicado. Comer tem que ser em pedacinhos milimétricos e mastigar é uma coisa que até dói a articulação. Se eu não fizer isso tenho dores horríveis no estomago, chego até a rezar. Minha mãe diz que é normal ela também teve, mas garantiu que vai passar. Tudo é muito novo, mas tô tentando levar uma vida normal, comendo as comidas normalmente, óbvio que se me oferecem coisas trash, apesar da vontade eu recuso. Pra vocês que pensam em fazer a cirurgia eu vou dizer é uma fase bem complicada eu espero que passe logo.
Agora vem a parte boa: menos 10 quilos. Que delícia, pelo menos algo vai ter que ser bom!

5 comentários:

Marilene disse...

OLÁ MARIA IZABEL.
LI SEU RELATO COM MUITO INTERESE, POIS ESTOU COM CIRGURGIA MARCADA MARA 28/7 E CONFESSO Q ESTOU BASTANTE ANCIOSA. VOU FAZER A ABERTA,MAS JÁ DEU PRA TER UMA IDÉIA
E REALMENTE TEMOS Q TER MUITA CORAGEM E FÉ.
ESPERO Q ESCREVA MAIS E POSSAMOS TROCAR FIGURINHAS AKI NESSE CANTINHO OK.
MARILENE VT/ES

Lídia Carvalho disse...

Oi Isabel, li sua reportagem na revista Saúde. Você é uma guerreira e tenha certeza o pior já passou. Continue com muita garra e força de vontade que tudo só vai ser cada vez melhor. Um grande abraço.

Graziella disse...

Ola! Td bem? Quero fazer a cirurgia e terei que brigar com o convenio.
Poderia me passar algumas dicas ? Me passe seu e-mail,se possivel.
Obrigada! Graziela

guia da redução de estomago disse...

Graziela, não desista! O grande lance é fazer eles se responsabilizarem caso algo de errado aconteça com vc. Peça uma carta dizendo que eles não autorizaram a fechada apenas uma aberta. Dificilmente ele dão por que estão assumindo o risco. Só aceite alguma decisão após essa carta.
Me mande e-mail maria.isabel@ig.com.br

Bárbara Coelho disse...

Fiz a cirurgia há quase 5 meses e estou tendo o mesmo problema com os arrotos.
Basta eu comer qualquer coisinha e lá estou eu arrotando que nem uma porca. E olha que eu nunca fui de arrotar muito!
Preciso falar com o meu médico sobre isso, mas sempre me esqueço.